EXAMES

Conheça as especializações da Audio Art!

Exame de Processamento
Auditivo Central

Finalmente, nosso serviço inclui o Exame de Processamento Auditivo Central, um teste que avalia a capacidade do cérebro de interpretar e fazer sentido dos sons. Esta avaliação é essencial para identificar desordens que podem afetar a compreensão da fala, mesmo quando a audição é normal. Com este exame, podemos fornecer recomendações personalizadas para melhorar a comunicação e a qualidade de vida dos nossos pacientes.

Exames de Audiometria Tonal
(TONAL - VOCAL - CAMPO LIVRE)

A audiometria é um exame que avalia o adulto ou criança a capacidade de uma pessoa ouvir sons.

O que é?

Esse teste é frequentemente realizado por profissionais de saúde, como fonoaudiólogos. O objetivo principal da audiometria é medir o limiar auditivo, ou seja, a menor intensidade sonora que uma pessoa consegue ouvir em diferentes frequências. O procedimento geralmente é realizado em uma sala silenciosa para minimizar interferências sonoras externas. Durante o exame, o paciente utiliza fones de ouvido e escuta uma série de tons em diferentes frequências e intensidades. O paciente sinaliza quando ouve cada som, e os resultados são registrados em um gráfico chamado de audiograma.

Como funciona?

O audiograma é uma representação visual dos limiares auditivos do paciente, mostrando as frequências em que a audição é mais sensível ou menos sensível. Isso auxilia na identificação de possíveis perdas auditivas e na determinação do tipo e grau dessas perdas. Além da audiometria tonal, que é o teste mais comum, mencionado anteriormente, existem variações como a audiometria vocal (que avalia a compreensão da fala) e a audiometria de campo livre (um teste mais aberto que simula situações do mundo real).

A audiometria é uma ferramenta essencial no diagnóstico de problemas auditivos, permitindo aos profissionais de saúde tomar decisões informadas sobre o tratamento adequado, como a prescrição de aparelhos auditivos ou outras intervenções.

Exame de Linguagem

A avaliação da linguagem é um processo essencial para entender a comunicação verbal e não verbal.

O que é?

Conduzido por profissionais especializados, como fonoaudiólogos e terapeutas da fala, esse exame busca investigar diversos aspectos da linguagem, incluindo a compreensão, expressão, fluência, pragmática, e uso apropriado da linguagem em diferentes contextos sociais.

Como funciona?

Durante a avaliação, são examinadas habilidades como a capacidade de compreender e seguir instruções, expressar ideias de forma clara e coerente, articular os sons da fala corretamente, utilizar vocabulário adequado para a idade e contexto, entender e usar corretamente a gramática da língua, entre outros aspectos.

A avaliação da linguagem desempenha um papel crucial no diagnóstico e tratamento de distúrbios da comunicação. Identificar precocemente possíveis dificuldades na linguagem pode permitir intervenções mais eficazes e contribuir para o desenvolvimento saudável da comunicação e interação social do indivíduo.

Exame de Disfagia

O que é?

A disfagia é uma condição que afeta a capacidade de engolir de uma pessoa, podendo causar dificuldades na passagem de alimentos e líquidos da boca para o estômago. Esta condição pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo doenças neurológicas, lesões, distúrbios estruturais ou problemas de deglutição relacionados à idade.

Como funciona?

A avaliação da disfagia é conduzida por profissionais especializados em distúrbios da deglutição, como fonoaudiólogos e médicos especialistas em otorrinolaringologia. Durante o exame, o paciente é submetido a uma série de testes e procedimentos para avaliar a função de deglutição. Isso pode incluir a observação da deglutição durante a ingestão de alimentos e líquidos de diferentes texturas e consistências, exames de imagem, como videofluoroscopia ou endoscopia de deglutição, e questionários sobre sintomas e histórico médico.

O objetivo principal da avaliação da disfagia é identificar a presença, gravidade e causas subjacentes da dificuldade de deglutição. Com base nos resultados do exame, os profissionais de saúde podem desenvolver um plano de tratamento personalizado para ajudar o paciente a melhorar sua função de deglutição e prevenir complicações relacionadas à disfagia, como desnutrição, pneumonia aspirativa e deterioração da qualidade de vida.

Exame de Motricidade Orofacial

O que é?

A motricidade orofacial refere-se ao conjunto de funções motoras envolvidas na região oral e facial, incluindo a mastigação, deglutição, fala, respiração, sucção, e outras atividades relacionadas à movimentação dos músculos da boca e face. A avaliação da motricidade orofacial é realizada por profissionais especializados, como fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais, para diagnosticar e tratar distúrbios motores que afetam essas funções.

Como funciona?

Durante a avaliação da motricidade orofacial, o profissional realiza uma análise detalhada das habilidades motoras do paciente na região oral e facial. Isso pode incluir observação da postura e movimento dos lábios, língua, mandíbula e músculos faciais, avaliação da coordenação dos movimentos durante a mastigação e deglutição, e análise da qualidade e fluência da fala. São utilizados testes clínicos, instrumentos de avaliação específicos e questionários sobre sintomas e histórico médico para obter uma compreensão abrangente das habilidades motoras orofaciais do paciente.

Os objetivos da avaliação da motricidade orofacial incluem identificar e diagnosticar distúrbios motores que afetam a função da boca e face, determinar a causa subjacente dos problemas motores, avaliar a gravidade e impacto dos sintomas na qualidade de vida do paciente, e desenvolver um plano de tratamento individualizado.

Exame de Voz

O que é?

A avaliação vocal é um procedimento realizado por profissionais especializados, como fonoaudiólogos e otorrinolaringologistas, para analisar a qualidade, função e saúde da voz de um indivíduo. Este exame é essencial para identificar possíveis problemas vocais, como rouquidão, fadiga vocal, alterações na qualidade vocal e distúrbios da voz relacionados a condições médicas ou uso inadequado da voz.

Como funciona?

Durante a avaliação vocal, o profissional realiza uma série de testes e observações para avaliar diferentes aspectos da voz, incluindo pitch (altura), loudness (intensidade), qualidade vocal (por exemplo, rouquidão, rugosidade), flexibilidade vocal e resistência vocal. São utilizadas técnicas como análise perceptual auditiva, avaliação acústica e exames de imagem, como videolaringoscopia, para obter uma compreensão abrangente da saúde vocal do paciente.

O objetivo principal da avaliação da disfagia é identificar a presença, gravidade e causas subjacentes da dificuldade de deglutição. Com base nos resultados do exame, os profissionais de saúde podem desenvolver um plano de tratamento personalizado para ajudar o paciente a melhorar sua função de deglutição e prevenir complicações relacionadas à disfagia, como desnutrição, pneumonia aspirativa e deterioração da qualidade de vida.

EXAME DE IMITANCIOMETRIA

Os objetivos da avaliação vocal incluem identificar e diagnosticar distúrbios da voz, determinar a causa subjacente dos problemas vocais, avaliar a gravidade e impacto dos sintomas na qualidade de vida do paciente e desenvolver um plano de tratamento personalizado.

O que é?

Este exame é frequentemente usado em conjunto com a audiometria para fornecer uma avaliação mais completa da função auditiva.
A orelha média é composta pelos ossículos (martelo, bigorna e estribo), pela membrana timpânica e pela tuba auditiva. Essas estruturas desempenham um papel crucial na condução do som do ambiente para o ouvido interno.

WhatsApp Image 2023-09-06 at 16.21.52 (2)

Como funciona?

Durante a imitanciometria, um instrumento chamado imitanciômetro é utilizado para medir a impedância acústica. Esse instrumento gera uma variação de pressão sonora no canal auditivo e mede como a orelha média responde a essas variações. O exame de imitanciometria fornece informações sobre:
Reflexo Acústico:
Avalia a resposta reflexa dos músculos da orelha média quando um som intenso é apresentado. Essa resposta pode dar indicações sobre a integridade do sistema auditivo e, em alguns casos, fornecer informações sobre patologias neurológicas.
Mede a mobilidade da membrana timpânica em resposta a mudanças na pressão sonora. Isso ajuda a identificar problemas como otites médias e alterações na pressão do ouvido médio.
Estima o volume do ouvido médio, o que pode ser útil na detecção de anormalidades na orelha média.
Avalia a função da tuba auditiva, que conecta a orelha média à parte de trás da garganta. Problemas nessa área podem afetar a pressão no ouvido médio.

A imitanciometria é especialmente útil em casos de perda auditiva condutiva, que afeta a condução do som do ambiente para o ouvido interno. A combinação de audiometria e imitanciometria oferece uma visão abrangente da função auditiva, permitindo que profissionais de saúde diagnosticem e tratem uma variedade de condições auditivas.

Conheça nossos Convênios

Encontre-nos em Cascavel

Visite nossa localização e conheça nossa equipe especializada em cuidados auditivos.

Mais de 10 anos de experiência em saúde auditiva

Nossa equipe é formada por fonoaudiólogos certificados e especialistas em tecnologia auditiva

Contato pelos fones:

(45) 99804-0028

(45) 4100-1111

(45) 9970-7426

atendimento@audioart.net.br

Siga nossas redes sociais

Siga nossas redes sociais

meios-de-pagamento-2x

Certificações

certificacao

Inscreva-se e receba novidades!

Formulário geral

Nossa equipe é formada por fonoaudiólogos certificados e especialistas em tecnologia auditiva

Agende uma consulta
× Como posso te ajudar?